GCN na Web

Um overview de tudo aquilo que estamos fazendo na Web

História expressa: Basquetebol em Franca

leave a comment »


Por Andréia Xavier

Em uma cidade do interior, no começo do século XIX, escolas começam a disputar entre si partidas desportivas com o nome de bola ao cesto ou ‘cestobol’. As partidas vão ficando cada vez mais apreciadas e empolgantes.

Quem teria iniciado a modalidade na cidade, qual seria o responsável pelo plantio da semente que se enraizou tão fortemente e produziu tantos frutos?

A cidade é Franca e, devido a referências encontradas em um jornal de 1908, sobre a posse da diretoria de um clube recreativo, (Tribuna da Franca, 06/12/1908) podemos afirmar a marca de mais de 100 anos da história do basquetebol francano. Fundado pelo professor David Carneiro Ewbank, o ‘Clube Athletico Franca’ existiu entre 1913 e 1918, ano em que surge a ‘Escola Francana de Cultura Física’, responsabilidade de José Ciryno Goulart. Os treinos da Escola de Cultura Física eram realizados na quadra da Escola Normal (atual IETC) que foi ficando pequena para tanta empolgação. Seu time fantástico nunca sofreu uma derrota! Era formada por Leonal Facioli (Molecão), Conceição Rodrigues (Pisca), Luis Domingos, Raul Pereira Batista (Peru), Gino Balerini (Galego), Serafim Borges do Val (Físico) e Francisco Garcia do Nascimento (Cachoeira, pai de Helio Rubens, Fransérgio e Totô, grandes nomes que herdaram e transmitiram o gene do talento e da paixão pelo basquetebol).

Em 1931 foi criada a Liga Francana de Bola ao Cesto e o 1º campeonato de basquetebol na cidade. Daí, vieram depois os jogos abertos do Interior e outros confrontos intermunicipais que o elenco francano começou a disputar.

O professor Pedro Murilla Fuentes chega na década de 50 para marcar também com o seu nome a história do basquete local, sendo seu grande incentivador e partícipe por mais de três décadas, começando por dirigir a equipe da escola Torquato Caleiro.

Já em 1953 surge o Clube dos Bagres, e daí para cá são quase 50 anos de alegrias e títulos, paixão e torcida pelos times que se apresentaram sob várias denominações:

– Clube dos Bagres (1953-1971);

– Emmanuel Franca Esporte Clube (1971-1974, sob patrocínio de Indústria de Calçados Emmanuel);

– Amazonas Franca (1974-1976);

– Associação Atlética Francana de Basquetebol (1976-1984); entre outros patrocinadores que vieram e se revezaram, sempre trazendo glórias e alegrias ao orgulhoso torcedor francano.

Anúncios

Written by GCN Comunicação

01/04/2010 às 19:49

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: