GCN na Web

Um overview de tudo aquilo que estamos fazendo na Web

Bastidores da notícia: A missão de reforçar a importância da Apae

leave a comment »


Por Irinéa Donizete

Durante mais de dois meses, a repórter Nelise Luques mergulhou no universo das pessoas beneficiadas pelos serviços oferecidos pela Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), para falar da importância de ações solidárias como o 1º Leilão “União de Forças” realizado hoje (24).

Com seis anos de experiência como jornalista, Nelise recorda que desde que começou a atuar, frequentemente escreve notícias sobre os eventos filantrópicos da entidade, atividades desenvolvidas, histórias dos voluntários, dos jovens e adultos que precisam de atendimentos da Apae.

“Foi muito interessante. Apesar de sempre falar dos eventos e dos profissionais, eu ainda não tinha tido a oportunidade de mergulhar tanto nesse universo da Apae e conhecer mais de perto quem são essas pessoas que dependem dela”.

Com a oportunidade do leilão – que teve o apoio de mídia do GCN Comunicação – Nelise disse que o diretor Corrêa Neves Júnior deu a ela a missão de chamar a atenção dos leitores para a necessidade que a entidade precisa de doações e quem são os beneficiados. Para transmitir essas informações, Nelise foi até a casa de Higor, Iane, José Carlos, Chico e Alex – todos atendidos pela Apae – para saber da história de cada um.

“Você sente a emoção das mães em contar a gratidão que sentem pela entidade. É muito emocionante”, disse a repórter sobre o que sentia durante e após cada entrevista.

Durante o trabalho de reportagem, Nelise descobriu que antes existia uma resistência muito grande dos pais em aceitar, por exemplo, que seu filho precisasse da Apae, porque, infelizmente tem gente que ainda faz piada com assuntos relacionados a pessoas com necessidades especiais.

“Hoje, eles ajoelham e agradecem tudo que os filhos fazem graças aos tratamentos oferecidos pela Apae”.

Sempre quando chegava à redação, Nelise tinha o desafio de conseguir transportar as emoções sentidas e projetá-la para um texto jornalístico.

“Em todos os textos procurei traçar abordagens diferentes de como escrever a matéria, para não enjoar o leitor. Tomamos cuidado para não cair na mesmice, porque as histórias se cruzam”.

Entre as várias emoções, Nelise destaca que o menino Higor, 11, é de fato “apaexonante”. Com paralisia cerebral, ele tem os movimentos do corpo e fala comprometidos. Mesmo assim, fez um esforço enorme e comovente para responder sorrindo um enorme “sim” quando perguntado pela repórter se gostava da Apae.

Foram nesses detalhes vistos nos olhos, nos sorrisos e expressões de cada entrevistado que Nelise se apegou para mostrar o que é a Apae e o quanto compensa todos os esforços feitos em prol a entidade.

Veja o resultado do trabalho de Nelise Luques nos vídeos produzidos para o blog e as principais matérias publicadas no jornal e site do GCN:

Blog da Apae

http://leilaoapae.wordpress.com/

Para Chico, Apae é como família

http://www.comerciodafranca.com.br/materia.php?id=55509

Apae ensina Iane Kelli a sorrir

http://www.comerciodafranca.com.br/materia.php?id=55244

Apae: força na hora da superação

http://www.comerciodafranca.com.br/materia.php?id=54998

Apae muda trajetória de mãe e filho

http://www.comerciodafranca.com.br/materia.php?id=54793

Anúncios

Written by GCN Comunicação

24/04/2010 às 14:20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: