GCN na Web

Um overview de tudo aquilo que estamos fazendo na Web

História Expressa: “Comercio” entrevista Luis Carlos Prestes

leave a comment »


Por Andréia Xavier

O cenário é composto pelas eleições presidenciais em 1960. Concorre Jânio Quadros pelo Partido Democrata Cristão (PDC), apoiado pela União Democrática Nacional (UDN) que foi o vencedor, e disputou o pleito com os seguintes candidatos: Marechal Henrique Teixeira Lott (PSD + PTB) e Ademar de Barros (PSP). Mas este é apenas o mote para que fosse possível a entrevista concedida por Luis Carlos Prestes ao jornal “Comércio da Franca”; ‘o cavaleiro da esperança’ como ficou conhecido o líder depois de empreender a Coluna Prestes, que foi secretário geral do Partido Comunista Brasileiro e companheiro de Olga Benário, morta pelos nazistas na Alemanha na Câmara de Gás, em 1942.

Luis Carlos Prestes visitou Ribeirão Preto onde realizou um comício. O velho líder comunista sempre se cercara de curiosidade. O jornal envia J. E. de Oliveira Ramos a fim de entrevistá-lo. Ele recebe o repórter graças à Antonio Vieira, francano radicado em terras ribeirão-pretanas, em casa de um correligionário do Partido comunista naquela cidade. Prestes descansava no momento em que foi interpelado. Acolhe amavelmente o repórter e se prontifica a conceder a entrevista. O repórter solicita que faça um rápido comentário, delineando o sentido e aspecto que orienta a campanha de sucessão eleitoral. Em resposta, Prestes opina: “A campanha sucessória que se desenvolve está contribuindo em muito para o esclarecimento de grandes massas da população trazendo à baila e ao conhecimento público problemas relativos à economia e ao progresso do país. Como não podia deixar de ser, o esquema sucessório baseia-se na luta entre o nacionalismo e o entreguismo”.

No pleito presidencial, o movimento nacionalista, segundo Prestes, teria como defensor o Marechal Lott, que “apesar de ser um conservador em alguns aspectos, já demonstrou posição firme na luta em defesa das instituições nacionais e democratas”. Por outro lado, acredita Prestes que Jânio Quadros não ‘consegue convencer ninguém de que seja efetivamente um nacionalista’, devido o apoio que recebe da UDN de São Paulo, do Estado da Guanabara e da Imprensa reacionária, que seriam intermediários diretos dos grupos econômicos, sujeitos a obrigar-se aos monopólios americanos. Continuando o raciocínio sobre a divergência entre os termos nacionalismo e entreguismo, faz as seguintes colocações: “O comunismo é por essência nacionalista, pregando o bem comum entre os povos, uma coexistência de pensar uno, que vise melhores condições de vida, a começar dentro de casa. Assim todo comunista é, antes de mais nada, um elemento que deve promover e seguir a orientação marxista á partir de sua própria família”. De acordo com Prestes, o primeiro passo para libertação de uma nação é buscar a libertação econômica. “Nacionalismo e comunismo comungam pela libertação econômica da pátria das garras do subdesenvolvimento que nos aflige e do colonialismo que nos depaupera”, discursa o esquerdista. Em seguida dispara: ‘esta libertação só será possível quando o entreguismo não encontrar mais acolhida entre os homens públicos’ e cita Carlos Lacerda como o mais nocivo de todos eles.

Ao final da entrevista justifica novamente o apoio ao Marechal Lott: “O Brasil necessita conquistar a sua completa emancipação, isto se obterá com um governo presidencial nacionalista e democrático, que realize uma política externa independente e estimule o desenvolvimento da economia nacional tratando de uma reforma agrária e que amplie e consolide a democracia.

A entrevista foi publicada no jornal ‘Comércio da Franca’ em 21 de setembro de 1960.


Anúncios

Written by GCN Comunicação

04/10/2010 às 14:10

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: