GCN na Web

Um overview de tudo aquilo que estamos fazendo na Web

Posts Tagged ‘educação

Especialista em educomunicação abre ‘Jornal Escola’

leave a comment »


O projeto Jornal Escola, desenvolvido pelo GCN, inicia as atividades de 2014 com um encontro entre autoridades e educadores nesta semana. A abertura do projeto acontecerá no dia 13, às 19h30, no Auditório “Jornalista Corrêa Neves”. O evento terá a presença da coordenadora nacional do Programa Jornal e Educação da ANJ (Associação Nacional de Jornais), Ana Gabriela Borges. Ela fará a palestra Jornal e suas múltiplas possibilidades. O encontro deve reunir 80 convidados.   Ana Gabriela é mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Organização do Trabalho Pedagógico e licenciada em Pedagogia pela mesma universidade. Atualmente é gerente do Instituto GRPCOM (Grupo Paranaense de Comunicação). A palestrante possui experiência em elaboração de materiais didáticos, docência no ensino superior, educação infantil, educação rural, ensino a distância, coordenação de projetos sociais, comunitários, culturais, educacionais e de educomunicação.    Na palestra no GCN, Ana Gabriela vai abordar formas de usar o jornal como ferramenta de ensino nas escolas. “Pretendo mostrar como o jornal em sala de aula pode ser aproveitado além da forma didática. Os alunos precisam avaliar o jornal com um olhar crítico e ativo, aprendendo que eles podem sim sugerir uma pauta, criar o próprio jornal, ter voz e não apenas ser impactado pelo meio de comunicação”, disse ela.   Novidades para 2014 O projeto Jornal Escola promove outras atividades. As escolas realizam visitas monitoradas à sede do GCN. Os estudantes têm a oportunidade de conhecer a redação integrada do grupo - jornal Comércio da Franca e estúdios da rádio Difusora AM.   Neste ano, o projeto será expandido para todas as escolas de educação infantil da rede municipal e a expectativa é atender cinco mil crianças.    Outra novidade é a retomada do Natal no papel. Trata-se de um a ação por meio da qual crianças enviam desenhos com motivos natalinos e têm a possibilidade de ver sua criação transformada em cartões de Natal, que serão distribuídos aos leitores pelo Comércio.   O Jornal Escola ainda promoverá outras ações culturais. Os alunos poderão participar de mais uma edição do Jovem Redator, que será lançado em maio e a premiação aos melhores textos está prevista para agosto. No ano passado, os professores e alunos vencedores foram premiados com TVs 42”, tablet, bicicleta, entre outros. Os prêmios da edição de 2014 ainda serão definidos.   Os professores das escolas parceiras do projeto poderão participar de oficinas pedagógicas. “Este ano vamos abordar temas da área educacional e focar no que o jornal oferece, como desenvolvimento da criatividade e políticas educacionais”, disse a coordenadora do Jornal Escola, Roberta Chagas. (Foto: Cassiano Lazarini / Comércio da Franca)

Crianças visitam a redação integrada do Comércio e da Difusora AM pelo projeto Jornal Escola (Foto: Cassiano Lazarini / Comércio da Franca)

O projeto Jornal Escola, desenvolvido pelo GCN, inicia as atividades de 2014 com um encontro entre autoridades e educadores nesta semana. A abertura do projeto acontecerá no dia 13, às 19h30, no Auditório “Jornalista Corrêa Neves”. O evento terá a presença da coordenadora nacional do Programa Jornal e Educação da ANJ (Associação Nacional de Jornais), Ana Gabriela Borges. Ela fará a palestra Jornal e suas múltiplas possibilidades. O encontro deve reunir 80 convidados.

Ana Gabriela é mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná, especialista em Organização do Trabalho Pedagógico e licenciada em Pedagogia pela mesma universidade. Atualmente é gerente do Instituto GRPCOM (Grupo Paranaense de Comunicação). A palestrante possui experiência em elaboração de materiais didáticos, docência no ensino superior, educação infantil, educação rural, ensino a distância, coordenação de projetos sociais, comunitários, culturais, educacionais e de educomunicação.

Na palestra no GCN, Ana Gabriela vai abordar formas de usar o jornal como ferramenta de ensino nas escolas. “Pretendo mostrar como o jornal em sala de aula pode ser aproveitado além da forma didática. Os alunos precisam avaliar o jornal com um olhar crítico e ativo, aprendendo que eles podem sim sugerir uma pauta, criar o próprio jornal, ter voz e não apenas ser impactado pelo meio de comunicação”, disse ela.

Novidades para 2014

O projeto Jornal Escola promove outras atividades. As escolas realizam visitas monitoradas à sede do GCN. Os estudantes têm a oportunidade de conhecer a redação integrada do grupo – jornal Comércio da Franca e estúdios da rádio Difusora AM.

Neste ano, o projeto será expandido para todas as escolas de educação infantil da rede municipal e a expectativa é atender cinco mil crianças.

Outra novidade é a retomada do Natal no papel. Trata-se de um a ação por meio da qual crianças enviam desenhos com motivos natalinos e têm a possibilidade de ver sua criação transformada em cartões de Natal, que serão distribuídos aos leitores pelo Comércio.

O Jornal Escola ainda promoverá outras ações culturais. Os alunos poderão participar de mais uma edição do Jovem Redator, que será lançado em maio e a premiação aos melhores textos está prevista para agosto. No ano passado, os professores e alunos vencedores foram premiados com TVs 42”, tablet, bicicleta, entre outros. Os prêmios da edição de 2014 ainda serão definidos.

Os professores das escolas parceiras do projeto poderão participar de oficinas pedagógicas. “Este ano vamos abordar temas da área educacional e focar no que o jornal oferece, como desenvolvimento da criatividade e políticas educacionais”, disse a coordenadora do Jornal Escola, Roberta Chagas.

Written by GCN Comunicação

10/03/2014 at 12:20

‘Comércio’ integra videoconferência da ANJ

leave a comment »


Roberta Chagas, coordenadora do Projeto Jornal Escola, quer aproveitar ideias discutidas online (Foto: Divaldo Moreira/

Roberta Chagas, coordenadora do Projeto Jornal Escola, quer aproveitar ideias discutidas online (Foto: Divaldo Moreira/

A coordenadora do Projeto Jornal Escola, do Comércio, Roberta Chagas, participou de uma videoconferência sobre Jornal e Educação realizada na última semana pela ANJ (Associação Nacional de Jornais). O convite partiu da coordenadora executiva do Projeto Jornal Escola na Associação, Cristiane Parente, e foi uma forma de testar a ferramenta para uso em encontros futuros.

Roberta participou da videoconferência juntamente com coordenadoras de todo o País e ouviu relatos de projetos e atividades desenvolvidas dentro da área. Ela comentou alguns pontos de como o programa é desenvolvido no Comércio. “Houve uma grande interação e troca de experiências. Foi uma oportunidade enriquecedora, que ajudará a planejar ações futuras.”

No encontro virtual, Cristiane falou sobre a necessidade de uma pesquisa sobre os resultados do programa, convidou os participantes para o encontro nacional da ANJ sobre o tema em agosto, em Fortaleza (CE), e detalhou projetos do Ministério da Educação que devem ser acompanhados pelo programa.

Written by GCN Comunicação

26/02/2013 at 17:40

Jornal Escola 2013 estreia com palestra de Alexandre Sayad

leave a comment »


Alexandre Le Voci Sayad (Foto: divulgação)

Alexandre Le Voci Sayad (Foto: divulgação)

Um novo ano do Projeto Jornal Escola irá começar e, com ele, centenas de crianças de diversas escolas públicas e particulares de toda a região irão conhecer as instalações do GCN e aprender como são produzidas as notícias para o jornal Comércio, para a rádio Difusora e Portal GCN.

A temporada 2013 do projeto, idealizado na década de 1970, terá sua abertura oficial no dia 28, às 19h30, com uma palestra do prestigiado jornalista e educador Alexandre Le Voci Sayad, no auditório “Jornalista Corrêa Neves”, na sede do GCN. O tema da apresentação será “Idade Mídia: A comunicação reinventada na escola”.

“O foco da apresentação será a comunicação integrada à educação. Os principais meios de colocar o aluno em contato com as mídias impressa, rádio e internet. Como o educador pode incentivar e orientar o uso do jornal em sala de aula, formando alunos mais sociáveis, críticos e construtivos. Todos esses pontos serão discutidos e trabalhados nessa reunião”, explicou Roberta Chagas, coordenadora do Jornal Escola.

Assim como nas edições anteriores, autoridades e educadores estarão presentes na palestra de Alexandre, que trabalha em escolas de São Paulo há 10 anos e, em 2012, publicou um livro homônimo ao tema da palestra.

“Convidamos o prefeito Alexandre Ferreira (PSDB), dentre outras figuras políticas. Todos os 42 diretores das escolas parceiras do projeto também receberam o convite e participarão do coquetel de abertura do projeto”, disse Roberta.

Written by GCN Comunicação

07/02/2013 at 11:05

‘Veredas’ oferece ensino supletivo

leave a comment »


comércio da franca

A partir da próxima segunda-feira, os interessados em participar dos cursos de alfabetização e ensino de 1ª a 4ª série do ensino fundamental poderão frequentar as aulas na sede do Grupo Educacional Veredas, mantido pelo Grupo Corrêa Neves de Comunicação, que fica na Avenida João Batista de Faria 2441, no Recanto Elimar III.

Monique Fernandes, coordenadora do Veredas, afirmou que as aulas foram viabilizadas graças a uma parceria entre a entidade e a Secretaria Municipal de Educação, que coordena o EJA (Educação para Jovens e Adultos). “Já fizemos reuniões com o pessoal da Prefeitura e acertamos tudo. Na segunda-feira começam as aulas e estamos convocando as 21 pessoas que estavam pré-inscritas para o curso”.

Para frequentar a escola, o aluno deverá ter idade superior a 14 anos, apresentar documento de identidade e comprovante de residência no núcleo de ensino onde deseja estudar. As aulas serão ministradas de segunda a quarta-feira, entre 19 horas e 21h30.

Além do “Veredas”, a Prefeitura mantém outros 30 núcleos onde são oferecidas as aulas de ensino supletivo. Célia Tavares, chefe do Setor de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação, afirmou que o supletivo permite às pessoas que se alfabetizam a realização de tarefas simples, como ler a bula de remédios, andar de ônibus ou ler a bíblia. “Sem dúvida, o nosso projeto de alfabetização ajudou e ajuda estas pessoas a superar obstáculos, melhorando sua qualidade de vida e a autoestima”.

TEAR DE PREGOS

Comércio da Franca


Outra novidade que o “Veredas” oferece a partir de segunda-feira é o curso gratuito de confecção de tapetes em um tear construído com madeira e pregos, que será ministrado segunda, terça e quarta-feira, das 18 às 21 horas. Foram abertas 15 vagas.

O curso, que oferece às pessoas a obtenção de novos conhecimentos para complementar a geração de renda, é mantido em convênio com o Fundo Social de Solidariedade de Franca. “Esta parceria está permitindo que muitas pessoas desempregadas tenham alguma atividade ou a quem trabalha conseguir uma renda extra para suas famílias”, disse Monique Fernandes.

Informações sobre o curso de confecção de tapetes e também sobre o ensino supletivo poderão ser obtidas a partir de segunda-feira pelo telefone 3701-2433.

Written by GCN Comunicação

27/03/2009 at 07:03